São Paulo, sexta-feira, 22 de setembro de 2017 - 10:27.

Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Desacordo com Editora Jorge Zahar.

Com relação a editora Jorge Zahar, www.zahar.com.br Site externo., finalmente consegui conversar com alguém de carne e osso, após tantas respostas automáticas ou silêncios absolutos por parte de outras editoras. No entanto, o resultado foi exatamente o mesmo, ou seja, não consegui adquirir o livro que precisava.

Após duas tentativas de contato, me enviaram uma resposta curta e grossa, ou seja, não temos como vender-lhe o livro, não atuamos assim e ponto final. Mesmo assim, ainda tentei uma última e desesperada cartada, a qual está esperando resposta até os dias atuais.

Assim sendo, de maneira igualmente curta e grossa... Meus pêsames à Editora Jorge Zahar.

Fiquem com o histórico abaixo:

Primeira tentativa de contato:

À Jorge Zahar Editora.
A/C: Depto. Comercial.

Prezados senhores,

Meu nome é Naziberto Lopes de Oliveira, sou estudante de Psicologia na Universidade São Marcos, em São Paulo / SP. Preciso adquirir livros para minhas pesquisas acadêmicas e complementação de meus estudos universitários, e visitando o sítio desta nobre editora, deparei-me com o título e a pequena sinopse que colo a seguir:

A Democracia Inesperada
Cidadania, direitos humanos e desigualdade social
Autor: Bernardo Sorj

Sinopse: O mundo da política hoje se bifurca entre um Estado que administra sem utopias e utopias que se afastam dos problemas de administração do Estado. Diante da crise dos sistemas de representação político-partidários, provocada pela desintegração dos ideais socialistas e pela diminuição da importância dos sindicatos, novas identidades coletivas se firmaram.
Como a sociedade não pode viver sem marcos explicativos que ofereçam um sentido à ação social, motivem as pessoas, organizem suas percepções dos acontecimentos e justifiquem seus atos, as ONGs assumiram o papel de catalisadores da ação coletiva. Apesar de contribuírem para a renovação e disseminação dos valores democráticos, sua eficácia para diminuir a desigualdade social gerada pelo mercado e pelo retraimento do Estado é limitada.

Defendendo uma visão enriquecedora da democracia e da cidadania, em A Democracia Inesperada, o sociólogo Bernardo Sorj analisa criticamente esse paradoxo representado, por um lado, pela crescente expansão da sociedade civil e, por outro lado, pela sua limitada eficácia para diminuir a desigualdade social.

Adianto aos senhores que sou pessoa com deficiência visual total (cego) e preciso adquirir a obra referenciada num formato eletrônico digital, que é  acessível as minhas especificidades de leitor. 

Informo que esses formatos precisam estar impreterivelmente no padrão texto, ou seja, .txt, .doc ou .rtf,  compatíveis com o editor de textos MS-Word da Microsoft, ou então no formato .PDF, compatível com o Adobe Acrobat.

Esclareço que tenho instalado em meu computador pessoal, assim como em alguns computadores da Universidade que freqüento, programa que permite a uma pessoa cega acessar tranquilamente esses textos, bem como páginas da Internet, entre outras ferramentas e dispositivos informatizados.

Esse programa se chama "Virtual Vision" e os senhores, caso queiram,  poderão saber mais sobre ele no site de seu fabricante que é: www.micropower.com.br Site externo., um produto totalmente nacional e revolucionário dentro do conceito de acessibilidade para pessoas com deficiência visual.

Assim sendo, solicito a compra do livro citado, no formato que foi indicado e para isso preciso saber como poderei fazer para efetuar o pagamento e em quanto tempo receberei o produto.

Contando com a colaboração dos senhores, despeço-me no aguardo de uma resposta positiva para minha solicitação, pois preciso com certa urgência dessa leitura.

Coloco-me a disposição para maiores esclarecimentos a respeito de meu pedido.

Atenciosamente,

Naziberto Lopes de Oliveira

Segunda tentativa de contato:

Prezados senhores do Depto. Comercial da Jorge Zahar Editores,

Enviei há mais de 15 dias uma mensagem solicitando a compra de um licro constante do acervo dos senhores. Como até o momento não obtive resposta alguma, reitero meu pedido, enviando novamente a mesma mensagem e solicitando,  desta feita, uma maior presteza no atendimento da mesma.

À Jorge Zahar Editor.
A/C: Depto. Comercial.

Prezados senhores,

Meu nome é Naziberto Lopes de Oliveira, sou estudante de Psicologia na Universidade São Marcos, em São Paulo / SP. Preciso adquirir livros para minhas pesquisas acadêmicas e complementação de meus estudos universitários, e visitando o sítio desta nobre editora, deparei-me com o título e a pequena sinopse que colo a seguir:

A Democracia Inesperada Cidadania, direitos humanos e desigualdade social
Autor: Bernardo Sorj

Sinopse: O mundo da política hoje se bifurca entre um Estado que administra sem utopias e utopias que se afastam dos problemas de administração do Estado. Diante da crise dos sistemas de representação político-partidários, provocada pela desintegração dos ideais socialistas e pela diminuição da importância dos sindicatos, novas identidades coletivas se firmaram.

Como a sociedade não pode viver sem marcos explicativos que ofereçam um sentido à ação social, motivem as pessoas, organizem suas percepções dos acontecimentos e justifiquem seus atos, as ONGs assumiram o papel de catalisadores da ação coletiva. Apesar de contribuírem para a renovação e disseminação dos valores democráticos, sua eficácia para diminuir a desigualdade social gerada pelo mercado e pelo retraimento do Estado é limitada.

Defendendo uma visão enriquecedora da democracia e da cidadania, em A Democracia Inesperada, o sociólogo Bernardo Sorj analisa criticamente esse paradoxo representado, por um lado, pela crescente expansão da sociedade civil e, por outro lado, pela sua limitada eficácia para diminuir a desigualdade social.

Adianto aos senhores que sou pessoa com deficiência visual total (cego) e preciso adquirir a obra referenciada num formato eletrônico digital, que é  acessível as minhas especificidades de leitor. 

Informo que esses formatos precisam estar impreterivelmente no padrão texto, ou seja, .txt, .doc ou .rtf,  compatíveis com o editor de textos MS-Word da Microsoft, ou então no formato .PDF, compatível com o Adobe Acrobat.

Esclareço que tenho instalado em meu computador pessoal, assim como em alguns computadores da Universidade que freqüento, programa que permite a uma pessoa cega acessar tranquilamente esses textos, bem como páginas da Internet, entre outras ferramentas e dispositivos informatizados.

Esse programa se chama "Virtual Vision" e os senhores, caso queiram,  poderão saber mais sobre ele no site de seu fabricante que é: www.micropower.com.br Site externo., um produto totalmente nacional e revolucionário dentro do conceito de acessibilidade para pessoas com deficiência visual.

Assim sendo, solicito a compra do livro citado, no formato que foi indicado e para isso preciso saber como poderei fazer para efetuar o pagamento e em quanto tempo receberei o produto.

Contando com a colaboração dos senhores, despeço-me no aguardo de uma resposta positiva para minha solicitação, pois preciso com certa urgência dessa leitura.

Coloco-me a disposição para maiores esclarecimentos a respeito de meu pedido.

Atenciosamente,

Naziberto Lopes de Oliveira

Primeira e única resposta da editora:

From: "Jaime Mendes" <jaime.mendes@zahar.com.br>
To: <consceg@yahoo.com.br>
Sent: Friday, September 30, 2005 5:34 PM
Subject: Re: Segunda tentativa de adquirir livro da ZAHAR Editores

Prezado Naziberto,

É a primeira vez que sua mensagem chega na minha caixa postal. Infelizmente, não temos como vender títulos da editora que não estejam no suporte papel.

Os contratos assinados com os autores não prevêem outras formas de suporte para as obras.

Ao dispor para qualquer esclarecimento,

Atenciosamente

jaime mendes

Terceira tentativa de negociação:

De: "NAZIBERTO" <consceg@yahoo.com.br>
PARA: "Jaime Mendes" <jaime.mendes@zahar.com.br>
Assunto: Re: Terceira tentativa de adquirir livro da ZAHAR Editores
Data: sexta-feira, 30 de setembro de 2005 19:02
Muito boa tarde Sr. Jaime,

O transito das mensagens dentro de sua editora é de responsabilidade das pessoas que as recebem, eu enfatizei que era a segunda tentativa porque realmente foi, assim como considero essa a terceira.

Mas que bom que o Sr. me enviou uma resposta, já estava pensando que minha mensagem havia sido menosprezada.

Isso me dá a chance de esclarecer alguns pontos com o Sr.

Em primeiro lugar, o suporte papel é totalmente inútil para minha condição de  leitor com deficiência visual. Por isso que requeri o livro em formato eletrônico digital.

Em segundo lugar gostaria de lhe questionar a respeito dos contratos que  a Jorge Zahar firma com seus escritores, pois o Sr. me diz que eles são impeditivos para que a editora me venda os arquivos eletrônicos.

Veja bem Sr. Jaime, pelos poucos conhecimentos que eu tenho no  campo do Direito, me parece que nenhum contrato firmado dentro de nosso Território Nacional, pode sobrepor-se as Leis vigentes nesse mesmo Território. Nãoé assim? Ou estarei enganado?

Penso que mesmo que os contratos tivessem sido firmados em outro País, a vigência e a execução dos mesmos ainda assim é feita dentro de nossos limites territoriais, portanto, dentro de nosso País, novamente sob a luz das Leis vigentes.

Apenas para lhe esclarecer, mesmo sabendo que o Sr. possa já ter esse conhecimento, a Lei 9610/98, que dispõe sobre os Direitos Autorais,  em seu Artigo 46, que especifica os termos que não serão considerados infrações a mesma Lei, indica claramente que não será   considerado crime de lesa aos Direitos de autor a reprodução de qualquer tipo de obra literária, artística, científica ou de qualquer outro gênero, desde que feita em suportes acessíveis para pessoas com deficiência visual. Esses suportes, apenas para constar, podem ser o braile, o arquivo eletrônico digital,  a gravação em fita magnética, entre outras. Quero apenas citar essa Lei específica por enquanto, mas o não  fornecimento do livro requisitado, implicará em ofensa a uma outra série de  Leis vigentes em nosso País, as quais penso serem dispensáveis arrolar nesse momento.

Sendo assim, prezado Sr.  Jaime, peço ao Sr., assim como a Editora Jorge Zahar, que reconsiderem sua posição e me vejam como um cliente  assim como qualquer outro, mas com uma pequena peculiaridade, ou seja, que precisa do mesmo livro que todos também precisam, mas em um formato diferenciado, formato este que já existe guardado em seus arquivos ou então nos das gráficas que prestam serviços aos senhores.

Esperando que esses pequenos esclarecimentos já  sejam de valia para que a posição dos senhores seja revista, fico no aguardo de um retorno positivo.

Atenciosamente,

Naziberto Lopes de Oliveira.

Lista das Editoras e autores excludentes - As frustrações.

 

 

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.