Você está no topo da página.

São Paulo, sábado, 19 de agosto de 2017 - 06:18.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

Um sinal sonoro, se não eu choro!

Publicado em: 19 de setembro de 2010 às 5:17.

Ilustração: Imagem de um bebezinho chorando desesperadamente com o bocão aberto

Pessoas lindas do meu Brasil varonil, gostaria de perguntar uma coisa para vocês, mesmo sabendo que a maioria não se liga nessas coisas justamente porque vocês não precisam delas, mas mesmo assim me atrevo a perguntar se alguém encontrou um sinal sonoro perdido por ai?

Bom, deixa primeiro eu regionalizar isso é claro, pois sei que muitos não sabem o que significa esse sinal que estou falando. Alguns o chamam de sinaleiro ou sinaleira, outros de semáforo, outros ainda de farol, e por ai vai. Em cada localidade o apelidam de um nome diferente. Aqui em São Paulo o chamamos de sinal ou farol.

Trata-se daquele dispositivo que por meio da alternância de luzes “vermelha, amarela ou verde” controla o tráfego nos cruzamentos das grandes cidades, além de organizar a travessia dos pedestres por ruas e avenidas. Quando um sinal é sonoro, este inclui um alarme suave e intermitente que avisa a pessoa cega que ela pode atravessar porque o sinal está verde para ela. Nas ruas de Madrid na Espanha, por exemplo, o som é semelhante ao canto de pássaros.

Agora sim posso perguntar novamente, pessoal, alguém viu um dispositivo desses por ai? Pois é, eu, apesar de cego, não vejo nenhum em São Paulo.. Quer dizer, não sejamos tão injustos, afinal, eu já percebi dois deles, um na frente de uma fundação e outro na frente de uma escola, ambas as instituições voltadas às pessoas com deficiência visual.

Será que os amigos notaram uma sutileza interessante no último parágrafo? Quer dizer que as pessoas com deficiência visual só podem atravessar uma rua quando estão em frente a alguma instituição para pessoas com deficiência?!! E como ficam as milhares de outras ruas e cruzamentos dessas cidades? Quer dizer que a pessoa cega, caso chegue viva diante dessas duas instituições, ela finalmente vai conseguir atravessar a rua com segurança?!

Certa vez, quando ainda estava na faculdade, devido ao grande fluxo de pessoas com deficiência visual que ali estudavam, resolvi enviar carta ao CET – Companhia de engenharia de Tráfego aqui de São Paulo, solicitando a instalação de um sinal sonoro em frente à faculdade. Pois bem, demora daqui, demora dali, vai ofício para lá, vai ofício para cá, chega a resposta final dos engenheiros de tráfego daquele órgão público.

Disseram que não poderiam instalar o tal sinal sonoro em virtude do risco de alguma pessoa cega atravessando a rua, com o sinal favorável, e algum carro avançar o sinal e atropelar a pessoa.

Bom, diante de uma resposta dessas a única coisa que eu pude fazer foi sentar e chorar vocês não concordam? Vejam bem, então não se instala um sinal sonoro para auxiliar a pessoa a atravessar a rua alegando-se que os carros podem não respeitar esse sinal? E quando o sinal não é sonoro, os carros respeitam?!

Então eu só posso deduzir que o problema é que os carros perseguem os cegos?! Socorro!!! Isso é um complô de motoristas que odeiam pessoas cegas! Vamos denunciar!! Afinal o que é isso? Boliche urbano?!! Será que inventaram algum tipo de prêmio para quem derrubar mais ceguinhos na rua?!!

Claro que estou brincando, mas apenas para chamar a atenção para a incrível ignorância que se esconde atrás de uma alegação dessas. Óbvio que um sinal de trânsito tem que ser respeitado, seja porque outro carro está cruzando, seja porque um pedestre está atravessando a rua, mas isso não se resolve extinguindo os sinais, e sim educando melhor os motoristas! Em último caso caçando as carteiras desses loucos!

Contudo, a questão não é essa, a questão é muito mais terrível e passa pela imagem que esses engenheiros fazem das pessoas com deficiência visual, uma imagem de que sejam pessoas absolutamente incapazes de se defender, frágeis, coitadas, ingênuas, sem discernimento e sem noção nenhuma de mobilidade urbana!

Assim sendo, o CET de São Paulo decretou, por meio dessa conclusão estapafúrdia, que as pessoas cegas não devem sair de suas casas, não devem tentar atravessar as ruas da cidade, afinal, mesmo com um sinal sonoro, elas poderão ser atropeladas a qualquer momento.

Já que é assim, eu gostaria de generalizar, pelo bem e pela segurança de todos os pedestres, clamando que ninguém mais tente atravessar alguma rua confiando nesses sinais espalhados por ai. Fiquem onde estão, não se movam, não se atrevam a dar nem mais um passo!! Seguindo essa lógica do CET, penso que Os motoristas das cidades devem estar simplesmente ensandecidos, estão à espreita para passar por cima do primeiro infeliz que ousar por o pé no leito carroçável. Assim sendo, fiquem em suas casas e não procurem encrenca para vocês.

O que? Vocês querem trabalhar? Passear? Comprar pão na padaria?! Estão loucos, nada disso, fiquem em suas casas em segurança. Alguém vai dar um jeito de proporcionar essas coisas banais para vocês em suas próprias casas. Quem sabe o CET também teria uma solução para isso. Vamos aguardar. Mas quietinhos heim?!

FacebookCompartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Obscegatório Urbano.
Assuntos relacionados: , , , , , .
Visitado 5611 vezes, 1 foram hoje.
0 comentário

RSS dos comentários deste post.

Deixe seu comentário:

Dados do comentarista




Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (23473 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (22537 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (16282 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (15419 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (14568 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (13243 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (12265 vezes)
  8. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12042 vezes)
  9. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (11608 vezes)
  10. Secretária Linamara e deputada Mara, que vergonha, que papelão! (11254 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.