Você está no topo da página.

São Paulo, domingo, 24 de junho de 2018 - 15:31.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

Tratado sem pudor – Paródia sobre o lixo do Tratado de Marraqueche frente a Lei Brasileira da Inclusão

Publicado em: 1 de abril de 2018 às 5:06.


Ilustração: Imagem composta por Um retângulo na cor azul. Centralizada a frase na cor branca: “Eu sou | Lei Brasileira da Inclusão da pessoa com deficiência”, na qual a barra vertical que separa o eu sou, é rosa e, a palavra inclusão está escrita em letra maiúscula e também em rosa. Abaixo da frase, e em toda a extensão do retângulo, em tons de cinza claro e mais escuro, vários símbolos da deficiência ou preferenciais: cadeirante, deficiente visual, idoso, criança, pessoa com muleta e gestante.
Paródia da música “Borbulhas de amor” de Fagner
Contextualização: Nunca é tarde para lembrarmos que as pessoas cegas no Brasil foram libertadas com a ratificação da Convenção da ONU pelos Direitos das pessoas com Deficiência e com a posterior promulgação da Lei Brasileira da Inclusão, LBI, no que diz respeito ao acesso aos livros e a leitura. Nos Artigos 30, Inciso III da Convenção e nos Artigos 42 e 68 da LBI foram resolvidos os históricos problemas das pessoas com deficiência visual que podiam adquirir seus livros no mercado editorial e também aquelas que dependiam de bibliotecas públicas. A partir de 1º de janeiro de 2016, as editoras não podem mais se negar a vender livros em formato digital acessível e as bibliotecas públicas devem licitar livros apenas junto a editoras que trabalhem também com esse formato. Ocorre que os velhos donos de cegos no Brasil, as mercenárias instituições especiais, que sempre se locupretaram com a exclusão das pessoas com deficiência visual do mercado editorial, monopolizando essa demanda, estão desesperados por perderem seu gado e tentam de tudo para reverter essa conquista. Impuseram o lixo do Tratado de Marraqueche e querem que a partir dele a LBI seja modificada e o retrocesso se imponha novamente. Graças aos céus esse tratado, apesar de ter sido ratificado pelo Congresso Nacional, não foi ainda promulgado pela presidência da República, o que esperamos jamais aconteça. Porém, estamos atentos e vigilantes para com a Lei Brasileira da Inclusão. Qualquer movimento mafioso que tente adulterá-la vai encontrar a nossa resistência a postos e preparada para denunciar e exorcizar esses picaretas de nosso segmento social.

Letra adaptada:

Temos Convenção
Regulada pela Lei da Inclusão
Grande Convenção
antes dela só quimera
agora é obrigação
editoras não podem negar pra nós
chega de ouvir não
somos livres pra leitura

Trataram em Marraqueche
para o ceguinho no berçário continuar
pra Fundação sem ter pudor arquitetar
fazer o seu reparo, na LBI.
Um trash
pra preservar nos seus currais nossa cultura
cobrando caro do poder essa fatura
sacanear e fazer nula, a LBI

Chora Fundação
Cego trouxa é um bicho em extinção
tenta alfredão
tão escrota criatura.
Agora é obrigação
editoras não podem negar pra nós
chega de ouvir não
somos livres pra leitura

Trataram em Marraqueche
para o ceguinho no berçário continuar
pra Fundação sem ter pudor arquitetar
fazer o seu reparo, na LBI.
Um trash
pra preservar nos seus currais nossa cultura
cobrando caro do poder essa fatura
sacanear e fazer nula, a LBI
uma chance para unirmos, nesse fim
o tratado… por no lixo
defender, para sempre LBI

Trataram em Marraqueche
para o ceguinho no berçário continuar
pra Fundação sem ter pudor arquitetar
fazer o seu reparo, na LBI.
Um trash
pra preservar nos seus currais nossa cultura
cobrando caro do poder essa fatura
sacanear e fazer nula, a LBI
Um trash
para o ceguinho no berçário continuar
pra Fundação sem ter pudor arquitetar
fazer o seu reparo, na LBI.
Um trash
pra preservar nos seus currais nossa cultura
cobrando caro do poder essa fatura
sacanear e fazer nula, a LBI
fazer nula a LBI.

Ouça a música original em:

FacebookCompartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Ações do MOLLA, Ensino Sinal Vermelho, Leitura Sinal Vermelho, Mídia comentada, Obscegatório Urbano, Z nula.
Assuntos relacionados: , , , , , , , , , , .
Visitado 974 vezes, 2 foram hoje.
0 comentário

RSS dos comentários deste post.

Deixe seu comentário:

Dados do comentarista




Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (26889 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (23806 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (16891 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (16090 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (15210 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (13831 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (12810 vezes)
  8. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12517 vezes)
  9. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (12135 vezes)
  10. Casa da Moeda: Lançamento de novas cédulas do Real mais acessíveis (11887 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.