Você está no topo da página.

São Paulo, sábado, 19 de agosto de 2017 - 06:23.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

Professores mais capacitados: Inclusão de fato

Publicado em: 19 de setembro de 2010 às 4:03.

Ilustração: desenho intantiol representando professor e professora

Interessante matéria abaixo, extraída do jornal Folha de São Paulo de hoje, caderno Especial, sobre cursos que promovem uma melhor qualificação para professores e estes uma melhor inclusão de alunos com deficiência em suas salas de aula.

Só preciso alertar para a arcaica terminologia “alunos com necessidades especiais” ou, a que é ainda pior, “aluno especial”. Hello Jornalistas da Folha!! Isso é antigo ok? Já está em desuso e é extremamente “demodé”.

Após o advento da ratificação da Convenção da ONU pelos Direitos das Pessoas com Deficiência no Brasil em 2008, a terminologia correta passou a ser “pessoas com deficiência” ou “alunos com deficiência”, nada de ficar inventando, querendo ser mais ou menos politicamente correto. Vamos simplificar por gentileza.

Fiquem com a matéria…

Curso de educação especial promove a inclusão de fato
Além das escolas, profissional pode trabalhar em hospitais e laboratórios

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

A cada ano, o Censo Escolar da Educação Básica aponta um crescimento no número de alunos com deficiência matriculados em escolas regulares. Mas faltam profissionais capacitados para lidar com esses estudantes.

O curso de educação especial prepara o profissional para realizar um atendimento educacional específico para as pessoas com necessidades especiais. Além disso, dá suporte para a atuação em hospitais, órgãos públicos e privados, laboratórios de pesquisa, entre outros locais.

A Universidade Federal de Santa Maria (RS) foi a primeira no país a oferecer o curso de licenciatura em educação especial, em 1978.
Já em 2005, expandiu a opção de curso também para a educação a distância e, em 2009, lançou a licenciatura no período noturno. No ano passado, a UFSCar (federal de São Carlos) passou a oferecer a licenciatura na área.

Dentre as matérias da grade curricular, estão história da educação, inclusão, psicologia, políticas educacionais, sociologia, libras e linguagem de comunicação.
Para 2011, há a expectativa da criação da Faculdade de Educação Inclusiva Paulista, em Embu (Grande SP).

NA PRÁTICA
Segundo a professora Fátima Denari, coordenadora do curso na UFSCar, faltam profissionais para lidar com as pessoas que têm necessidades especiais em todos os setores da sociedade.

Eliana Ormelezi, psicóloga do Instituto Laramara (Associação Brasileira de Assistência ao Deficiente Visual), aponta a falta de preparo dos professores. “Precisamos capacitá-los dentro do próprio ambiente de trabalho.”

Dentro das escolas, outra função dos docentes, além de lidar com as pessoas que têm necessidades especiais, é integrá-las com o restante dos colegas.
“Valorizar o aluno especial, e não limitá-lo nas atividades do dia a dia, é o primeiro passo para sua integração com o grupo”, diz Rogério de Almeida, que leciona política e organização da educação básica no Brasil na USP.

(THIAGO AZANHA)

FacebookCompartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Ensino Sinal Verde, Mídia comentada, Obscegatório Urbano.
Assuntos relacionados: , , , , .
Visitado 7237 vezes, 1 foram hoje.
0 comentário

RSS dos comentários deste post.

Deixe seu comentário:

Dados do comentarista




Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (23473 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (22537 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (16282 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (15419 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (14568 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (13243 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (12265 vezes)
  8. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12042 vezes)
  9. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (11608 vezes)
  10. Secretária Linamara e deputada Mara, que vergonha, que papelão! (11254 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.