Você está no topo da página.

São Paulo, sexta-feira, 23 de junho de 2017 - 14:18.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

ESPM, inclusão na prática: Paródia sobre exemplo da Escola Superior de Propaganda e Marketing

Publicado em: 1 de fevereiro de 2017 às 7:54.


Ilustração: Logomarca da Escola Superior de Propaganda e Marketing, constituída de um quadrado em vermelho e as letras em branco.
Paródia de “O último romântico” de Lulu Santos
Contextualização: Deixamos aqui nossa homenagem àE S P M – Escola Superior de Propaganda e Marketing, Faculdade, localizada na Zona Sul de São Paulo, que possui outros campi pelo Brasil, e que há alguns anos vem exercendo a inclusão e a acessibilidade na prática. Sem alardes, sem esperar Lei que obrigue ou questionamentos judiciais por parte de seus alunos com deficiência, essa instituição de ensino vem demonstrando cotidianamente como é simples e importante garantir a igualdade de oportunidades entre seus alunos. Com uma política diferenciada de bolsas de estudo, adaptação de material didático, oferecimento de todos os livros em formatos acessíveis para alunos com deficiência visual, emfim, total entendimento, respeito e atenção às especificidades de seus alunos com deficiência, ela se torna referência em inclusão nos cursos que oferece. Nesse sentido, neste nosso espaço, onde é raro conseguirmos encontrar e destacar alguma iniciativa verdadeiramente cidadã e transformadora, principalmente na área de formação acadêmica e profissional, deixamos nossas congratulações a toda equipe da E S P M, esperando que muitas outras organizações de ensino superior, bem como fundamental e básico, se inspirem nesse exemplo.

Letra adaptada:

É bom poder falar daquela escola
Lugar no mundo onde a inclusão já rola
Galera esclarecida que abraça todo público
E ao mesmo tempo faz com que voce se sinta tão… único

Enquanto as outras pecam no teórico
O exemplo por ali passou do prático
A pcd de sorte que morar na zona sul
Se formará sem briga, já que o acesso é very blue

Não falta o que ler
É só procurar pra ter
se não acredita
Basta voce se matricular

E S P M então, modelo de inclusão
acesso na academia sim, não tem frescura
vai lá ver como é ser cidadão
Ter mais cultura enfim, ter mais educação

Não falta o que ler
É só procurar pra ter
se não acredita
Basta voce se matricular

E S P M então, modelo de inclusão
acesso na academia sim, não tem frescura
vai lá ver como é ser cidadão
Ter mais cultura enfim, ter mais educação (2x)

Ouça a música original em:

FacebookCompartilhar no Facebook

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Ações do MOLLA, Ensino Sinal Verde, Leitura Sinal Verde, Mídia comentada, Obscegatório Urbano, Z nula.
Assuntos relacionados: , , , , , , , , , .
Visitado 1137 vezes, 1 foram hoje.
0 comentário

Esse tal de DAISY: Paródia sobre rejeição dos cegos para os livros em formato dorina DAISY

Publicado em: 15 de janeiro de 2017 às 7:19.


Ilustração: Foto de uma estante de livros, mostrando a lombada de algum deles. NO centro da foto a sigla DAISY em letras brancas
Paródia de “Essa tal liberdade” do grupo Só pra contrariar
Contextualização: A Fundação Dorina, no passado recente, tentou emplacar livros no formato LIDA, mas que se mostraram uma porcaria, rejeitado por 11 entre 10 cegos, fazendo com que o projeto fosse descontinuado. Agora, com a mesma sanha de manter seu monopólio sobre livros para pessoas com deficiência visual no Brasil, ela tenta enfiar, goela abaixo, outra porcaria, o formato dorina-DAISY, igualmente rejeitado pela maioria das pessoas cegas. Lembramos que os livros para serem acessíveis às pessoas com deficiência visual só precisam possuir uma base em formato eletrônico digital e atenderem os princípios dispostos no Art. 68, parágrafo 2º da Lei 13.146/2015 – Lei Brasileira da Inclusão (LBI), atualmente em vigor. Na referida lei, o legislador inteligentemente não nomeou nenhum formato específico, apenas definiu os princípios gerais de acessibilidade. Assim, os tradicionais formatos PDF, DOC, DOCX, TXT, HTML, RTF, continuam valendo, bem como o novíssimo EPUB3. Todos esses formatos podem ser acessados confortavelmente pelos softwares leitores de tela presentes em computadores e smartphones das pessoas com deficiência, oferecendo variedade, versatilidade, conforto e universalidade. Jamais aceitaremos qualquer tipo de mudança na LBI com a intenção de definir algum tipo de formato proprietário para livros acessíveis, muito menos o formato dorina DAISY, credo em cruz, pé de pato, mangalô três vez. O caminho da inclusão deve ser sempre o de ampliar possibilidades e jamais de fechar, retroceder ou restringir.

Letra adaptada:

O que é que eu vou fazer com esse tal de DAISY
que faz a Fundação junto com a ONCB
estou desesperado, totalmente crazy
se o livro que eu preciso não consigo ler
Eu fui informado que na minha escola
o livro acessível não é opção
espere com fé, quem sabe um dia rola
e surge um livrinho lá da Fundação

Quero ampliar, livros acessar
leitor de telas é a minha via
querem me prender, me forçando a ler
dorina DAISY uma porcaria (2x)

Não sei o que fazer com esse tal de DAISY
se a porra desse livro trava no pc
no meu smartphone o trem não roda baby
me arruma um pdf, doc ou txt
antes no passado era só esmola
só tinha o livro braile lá na Fundação
aqui no presente tem leitor de tela
e o livro digital, muito mais inclusão

Quero ampliar, livros acessar
leitor de telas é a minha via
querem me prender, me forçando a ler
dorina DAISY uma porcaria (2x)

O que é que eu vou fazer com esse tal de DAISY
que faz a Fundação junto com a ONCB
estou desesperado, totalmente crazy
se o livro que eu quero não consigo ler
Eu fui informado que na minha escola
o livro acessível não é opção
espere com fé, quem sabe um dia rola
e surge um livrinho lá da Fundação

Quero ampliar, livros acessar
leitor de telas é a minha via
querem me prender, me forçando a ler
dorina Daisy, uma porcaria (3 x)

Ouça a música original em:

FacebookCompartilhar no Facebook

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Ações do MOLLA, Dicas e Toques / Mitos e Lendas, Ensino Sinal Vermelho, Leitura Sinal Vermelho, Mídia comentada, Obscegatório Urbano, Z nula.
Assuntos relacionados: , , , , , , , .
Visitado 1183 vezes, 1 foram hoje.
0 comentário

Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (23096 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (22383 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (16186 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (15316 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (14501 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (13145 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (12186 vezes)
  8. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (11955 vezes)
  9. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (11541 vezes)
  10. Secretária Linamara e deputada Mara, que vergonha, que papelão! (11179 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.