Você está no topo da página.

São Paulo, segunda-feira, 25 de setembro de 2017 - 13:59.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

O candidato José Serra promete comprar 100 milhões de livros para estudantes brasileiros

Publicado em: 21 de setembro de 2010 às 23:38.

O candidato à Presidência da República do Brasil, Sr. José Serra, declarou hoje em entrevista televisiva que, caso eleito, irá implementar um programa de incentivo a cultura que vai triplicar os investimentos nesta área em particular.

Exemplificando, disse que irá entregar 3 (três) livros para cada estudante brasileiro, desde a 5ª série até o último ano do ensino médio. Disse que serão mais de 100 milhões de livros distribuídos nesse programa.

Que maravilha candidato José Serra, que maravilha certamente devem estar dizendo os editores brasileiros sobre essa notícia maravilhosa. E realmente trata-se de notícia maravilhosa, inclusive nós, do MOLLA, estamos ansiosos para, caso isso se torne uma realidade, acompanharmos se esses 100 milhões de livros comprados com recursos públicos serão devidamente acompanhados de suas versões acessíveis.

Sim candidato, pois não sei se o senhor sabe, existem leitores brasileiros, ou candidatos a leitores brasileiros, que não podem fruir do prazer de ler um bom livro, pois possuem alguma deficiência que os impede desse acesso. Para esses leitores somente o livro em formato acessível, desenho universal, pode resolver o problema.

O senhor sabia que um livro em formato digital acessível pode gerar todos os outros formatos que são necessários para milhões de pessoas com deficiência no Brasil? Ele pode ser impresso em braile, pode ter suas fontes ampliadas, pode ser transformado em língua de sinais, em áudio, pode ser lido por um sintetizador de voz, e assim por diante.

O problema, candidato José Serra, é que as editoras se recusam a produzir esse formato alegando uma série de coisas, entre elas a de que pessoas com deficiência sejam um problema exclusivo do governo e que não tem nada a ver com o negócio delas.

Agora que mal lhe pergunte candidato, será que se nos editais para a compra desses 100 milhões de livros, fossem inseridos clausulas que exigissem acessibilidade total nesses livros, sob pena dos concorrentes serem desclassificados dessa corrida milionária, será que essas mesmas editoras continuariam dizendo: “Nós não sabemos lidar com esse público e o governo que se vire com eles?!”.

Sinceramente nós duvidamos muito disso, afinal, atrás do dinheiro público só não vai quem já morreu!! Ademais, as editoras brasileiras estão vivas, muito vivas!!

FacebookCompartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Ações do MOLLA, Leitura Sinal Vermelho, Mídia comentada.
Assuntos relacionados: , , , , , , , .
Visitado 5131 vezes, 1 foram hoje.
0 comentário

RSS dos comentários deste post.

Deixe seu comentário:

Dados do comentarista




Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (23738 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (22650 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (16357 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (15499 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (14616 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (13311 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (12323 vezes)
  8. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12104 vezes)
  9. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (11654 vezes)
  10. Secretária Linamara e deputada Mara, que vergonha, que papelão! (11312 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.