Você está no topo da página.

São Paulo, quarta-feira, 23 de agosto de 2017 - 10:30.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

Eu quero – Paródia comemorando 2 anos de paródias do MOLLA

Publicado em: 15 de julho de 2017 às 5:06.


Ilustração: Desenho do globo terrestre (o oceano em azul e a terra na cor verde). Em volta do globo o desenho de bonequinhos de mãos dadas imitando seres humanos estilizados em diversas cores.
Paródia comemorando 2º aniversário das paródias do MOLLA
Da música “Eu quero apenas” de Roberto e Erasmo Carlos
Contextualização: Em comemoração a 2 anos de paródias do MOLLA!! No dia 20 de julho de 2015 postamos a nossa primeira paródia denunciando e repudiando as discussões sobre o Tratado de Marrakech, e daí não paramos mais. Trazemos nossas reivindicações e protestos de maneira mais lúdica, Pegando emprestado as letras de algumas canções populares, e adaptando-as de maneira irreverente, mas sem deixar de falar sério, apontando as dificuldades sobre inclusão e acessibilidade para pessoas com deficiência, denunciando gestores públicos, governantes e instituições que somente se promovem e lucram com a manutenção da exclusão. Claro que não apenas mordemos, pois também destacamos e aplaudimos iniciativas inclusivas e cidadãs, mas pena que estas sejam tão poucas. Da primeira paródia até agora já foram 55 criações que postamos e que vocês amigos tem curtido e compartilhado!!! Por isso agradecemos a todos que sempre nos ajudam a levar mais longe essa forma diferente de luta por cidadania, direitos humanos e igualdade de oportunidades. Cerca de 500 mil pessoas cegas no Brasil agradecem!! Obrigado!!!!

Letra adaptada:

Eu quero riso, não quero prantos
Quero milhares de cegos prontos
não somos cegos adestradinhos
Mas escolhemos nossos caminhos

refrão
Quero ajudar todo cego amigo
A viver sem medo e livre pensar
Nós somos meio milhão de cegos
Não tem quem possa nos controlar
se formos meio milhão de amigos
ninguém jamais vai nos dominar

Pra viver cego tem que ser forte
Sem depender ou contar com a sorte
se no caminho barreira achar
Nada de fugir, tem que superar

Refrão

Eu quero ler, quero andar seguro
E tudo agora e não pro futuro
Quero escolher digital ou braile
o direito é meu, este ninguém tolhe.

Refrão

Eu quero as PCD’s incluidas
Com todas chances iguais na vida
Segregação nunca mais por perto
Oportunidades num mundo aberto

refrão

Cantamos juntos já faz dois anos
Fazendo amigos em todos cantos
Não somos cegos adestradinhos
Mas escolhemos nossos caminhos
Venha ajudar todo cego amigo
A viver sem medo e livre pensar
Nós somos meio milhão de cegos
Não tem quem possa nos controlar
se formos meio milhão de amigos
jamais alguém vai nos dominar!

Ouça a música original em:

FacebookCompartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Z nula.

Visitado 474 vezes, 1 foram hoje.
0 comentário

RSS dos comentários deste post.

Deixe seu comentário:

Dados do comentarista




Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (23489 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (22548 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (16291 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (15427 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (14574 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (13252 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (12272 vezes)
  8. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12048 vezes)
  9. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (11612 vezes)
  10. Secretária Linamara e deputada Mara, que vergonha, que papelão! (11261 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.