Você está no topo da página.

São Paulo, quarta-feira, 18 de julho de 2018 - 13:05.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

Acorda e vem viver – Paródia sobre desistir ou não da vida em função da deficiência

Publicado em: 1 de junho de 2018 às 4:19.

Ilustração: Apresenta três desenhos coloridos. O primeiro, da esquerda para a direita, um jovem senhor sorridente, usando óculos de grau e com poucos fios de cabelo, vestindo uma camiseta branca, com uma faixa preta, na horizontal, bermuda azul claro e tênis vermelho, fazendo o sinal de positivo com a mão esquerda e com a outra mão direita na cintura. O segundo uma menina, deficiente visual, com um leve sorriso no rosto, com cabelos loiros pelo pescoço, usando óculos escuros, andando e segurando uma bengala na mão direita. Ela veste camiseta rosa, saia jeans, tênis rosa, e carrega uma mochila amarela nas costas. O terceiro, um garoto sorrindo e correndo com uma cadeira de rodas. Ele tem cabelos curtos e castanhos, camiseta com listas amarelas e brancas, shorts e tênis vermelho.

Paródia de “Só pro meu prazer” dos Heróis da resistência Contextualização: Escrevemos essa paródia pensando naquelas pessoas que adquirem uma deficiência em qualquer idade da vida e que, a partir de então, passam a acreditar que é o fim, que elas não servem mais para nada, que não tem mais lugar no mundo e assim […]

Continuar lendo... Acorda e vem viver – Paródia sobre desistir ou não da vida em função da deficiência.

Tratado sem pudor – Paródia sobre o lixo do Tratado de Marraqueche frente a Lei Brasileira da Inclusão

Publicado em: 1 de abril de 2018 às 5:06.

Ilustração: Imagem composta por Um retângulo na cor azul. Centralizada a frase na cor branca: “Eu sou | Lei Brasileira da Inclusão da pessoa com deficiência”, na qual a barra vertical que separa o eu sou, é rosa e, a palavra inclusão está escrita em letra maiúscula e também em rosa. Abaixo da frase, e em toda a extensão do retângulo, em tons de cinza claro e mais escuro, vários símbolos da deficiência ou preferenciais: cadeirante, deficiente visual, idoso, criança, pessoa com muleta e gestante.

Paródia da música “Borbulhas de amor” de Fagner Contextualização: Nunca é tarde para lembrarmos que as pessoas cegas no Brasil foram libertadas com a ratificação da Convenção da ONU pelos Direitos das pessoas com Deficiência e com a posterior promulgação da Lei Brasileira da Inclusão, LBI, no que diz respeito ao acesso aos livros e […]

Continuar lendo... Tratado sem pudor – Paródia sobre o lixo do Tratado de Marraqueche frente a Lei Brasileira da Inclusão.

Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (27196 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (23857 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (16909 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (16118 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (15226 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (13853 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (12832 vezes)
  8. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12534 vezes)
  9. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (12147 vezes)
  10. Casa da Moeda: Lançamento de novas cédulas do Real mais acessíveis (11949 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.