Você está no topo da página.

São Paulo, sexta-feira, 23 de agosto de 2019 - 07:51.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

Caçarola – Paródia sobre a babaquice da invenção de pratos e talheres adaptados para cegos

Publicado em: 1 de junho de 2017 às 5:26.

Paródia da música “Espanhola” de Flavio Venturini

Contextualização: Em homenagem a um certo estrupício, que por incrível que pareça também é cego, e que teve a infelicidade de inventar alguns utensílios adaptados para cegos em suas refeições. Tratam-se de pratos com bordas altas, colheres, facas e garfos com pontos em relevo para que a pessoa cega saiba o lado certo do corte da faca, não derrame comida fora do prato e assim por diante. Queremos, em primeiro lugar, esclarecer a esse senhor, que se ele, como pessoa cega, precisa de cochos, gamelas ou cabaças para poder comer sem se sujar, sem espalhar comida na mesa ou errar a boca, o problema é inteiro dele, mas quanto as outras pessoas com deficiência visual do Brasil, nós podemos garantir que sabem usar pratos, copos e talheres como qualquer outra pessoa. Em segundo lugar, alertamos empresários, políticos e cidadãos de todo Brasil para que não embarquem nessa idéia de jerico, pois não passa de oportunismo de gente querendo ganhar dinheiro na base da ingenuidade e da boa fé dos outros, e o que é mais revoltante, jogando a imagem das pessoas com deficiência no lixo.. Alertamos também o prefeito e os vereadores de Teresina, no Piauí, para que mandem para o lixo o PL 44/2017, de autoria da vereadora Cida Santiago, do PHS, que visa obrigar bares, restaurantes e similares a adquirirem esses pratos e talheres adaptados. Temos certeza que a nobre vereadora Cida Santiago é pessoa de boa fé, mas que deve ter sido influenciada negativamente por sua crença nas pessoas. Portanto, repudiamos veementemente esse projeto de lei e pedimos seu urgente arqivamento.

#paracegover
A ilustração desta paródia é uma foto de uma panela tipo caçarola vazia, entreaberta, revestida na cor amarela. O interior da panela é preto. No lugar das asas, um pezinho, com três dedos, de cada lado da panela, na cor salmão. A tampa é amarela, e em um dos lados na parte de cima, uns traços pretos, imitando um topete, logo abaixo uns olhinhos pretos e, logo abaixo, o pegador da tampa que é uma boquinha aberta, também na cor salmão e que segura uma colher grande, também na cor salmão.

FacebookCompartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Z nula.
Assuntos relacionados: , , , , , , , , , , , .
Visitado 1630 vezes, 1 foram hoje.
0 comentário

RSS dos comentários deste post.

Deixe seu comentário:

Dados do comentarista




Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (28794 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (24825 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (19545 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (16613 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (15614 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (14451 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (13229 vezes)
  8. Casa da Moeda: Lançamento de novas cédulas do Real mais acessíveis (13216 vezes)
  9. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12916 vezes)
  10. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (12496 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.