Você está no topo da página.

São Paulo, sábado, 16 de dezembro de 2017 - 19:37.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

Bengalando – Paródia sobre cegos que preferem o uso da bengala ao cão guia

Publicado em: 15 de setembro de 2017 às 7:50.


Ilustração: Desenho de uma figura humana estilizada, com a cabeça representada por uma bola e o corpo representado por traços retos. Representa uma pessoa cega andando com sua bengala. O desenho é preto e o fundo é branco.
Paródia da música “Nada sei” do grupo Kid Abelha
Contextualização: Na paródia “Deixa o fila me levar” que publicamos em 1o de março de 2016 fizemos uma homenagem a uma parcela da cegolândia que gosta, divulga e defende o uso do cão guia como tecnologia assistiva que oferece maior autonomia, independência e segurança ao caminhar. NO entanto, tem uma outra parcela imensa e tradicionalista, que prefere o uso da bengala e, mesmo que pudesse ter um cão, não o faria em virtude de uma série de questões. Não nos cabe aqui discutir as preferências individuais de cada pessoa com deficiência visual, mas é fundamental entendermos que à elas devem ser dadas todas as possibilidades de escolher qual a melhor ferramenta para sua locomoção. Infelizmente um cão guia, para ser adquirido particularmente é algo impagável e as políticas públicas de oferta desses animais no Brasil praticamente inexistem. Desse modo, por mais que algumas pessoas queiram um cão guia, não conseguem por motivos financeiros. Todavia, como dissemos, mesmo que alguns pudessem, não optariam pelo cão por motivos pessoais. Assim, bengalando ou cachorrando, o mais importante é que pessoas cegas possam sair de casa, com independência, para estudar, trabalhar, se divertir e curtir a cidade e a sociedade em que vivem em igualdade de oportunidades com todas as outras pessoas sem deficiência.

Letra adaptada:

Nunca tive, nessa vida
cão pra socorrer
não preciso, nunca concordei
bicho é lazer.
Eles não nos pertencem
pra viver a trabalhar
e tem outro porém
pet não é pra explorar

Antenado, bengalante
sempre ligado, passo adiante
bengalando sigo a vida a caminhar
bengalando sigo a vida a caminhar

Nunca tive, que adestrar
cão pra socorrer
eu me livro das trombadas
atento no passar
Se eu ganhar uns peludos
vai ser só pra brincar
no andar, quem me conduz
é a bengala de dobrar

Antenado, bengalante
sempre ligado, passo adiante
bengalando sigo a vida a caminhar
bengalando sigo a vida a caminhar

Antenado, bengalante
sempre ligado, passo adiante
antenado, bengalante
sempre ligado, passo adiante
bengalando sigo a a vida a caminhar… a caminhar
bengalando sigo a vida a caminhar

Ouça a música original em:

FacebookCompartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Ações do MOLLA, Dicas e Toques / Mitos e Lendas, Mídia comentada, Obscegatório Urbano, Z nula.
Assuntos relacionados: , , , , , , , , .
Visitado 819 vezes, 2 foram hoje.
0 comentário

RSS dos comentários deste post.

Deixe seu comentário:

Dados do comentarista




Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (25234 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (22942 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (16549 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (15668 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (14777 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (13425 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (12464 vezes)
  8. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12227 vezes)
  9. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (11763 vezes)
  10. Secretária Linamara e deputada Mara, que vergonha, que papelão! (11448 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.