Você está no topo da página.

São Paulo, terça-feira, 23 de julho de 2019 - 13:07.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

As cariocas imaginodescritas!! A atormentada da Tijuca parte 3/3

Publicado em: 8 de novembro de 2010 às 6:34.

Ilustração: Foto de Paola Oliveira e Daniel Braga Nunes, protagonistas da novela

Parte 3

Click aqui para conferir o vídeo imaginado

Cena: Gilberto e Clarissa conversam animadamente; som de copos; som de rua; os dois falam sobre o plano ter dado certo; Clarissa diz que deve tudo isso a Gilberto; diz que ele é o máximo e que é uma delícia tê-lo como amigo; Gilberto diz que Clarissa é que é um luxo; Gilberto diz para fechar a conta; o narrador fala que o plano dos dois vai de vento em popa; diz que ela passou a receber todos os dias flores, presentes e mimos do Rodolfo Sarney; Clarissa diz obrigada; o narrador diz que a fofoca correu solta no escritório; duas mulheres conversam sobre quem seria o tal Rodolfo; uma diz que ele é fazendeiro no Maranhão; a outra diz que no Maranhão e no Piauí; dizem que é podre de rico; som de copos; as duas cumprimentam Clarissa; dizem para ela abrir o jogo e contar quem é o admirador secreto; Clarissa diz que é apenas um amigo; o narrador diz que o pessoal do escritório passou a tratar Clarissa como uma primeira dama; diz que o chefe se aproveitou da história para fazer auto propaganda; o chefe conversa com Clarissa; ele diz a ela que conhece o Rodolfo e que se trata de um homem progressista e que o Brasil precisa; sugere que qualquer dia eles tomem um café juntos.

Cena imaginodescrita: Primeiro vemos Clarissa e Gilberto novamente bebendo em algum boteco. Agora ela já pode vestir suas roupinhas provocantes à vontade porque os marmanjos pararam de dar em cima da moçoila, por isso ela veste um tomara que caia azul. O vestidinho mostra generosamente os ombros sarados e o peitoral de Clarissa absolutamente em forma. O Gilberto vestido com sua roupa tradicional de bailarina do Municipal, desta vez sem a saia de pom pom, mas com um colante Pink e polainas vermelhas. Realmente ele está um show!! No escritório, mostra a chegada de presentes pra Clarissa, ao redor de toda sua mesa vemos vasos com flores, caixas de presentes, bombons, etc. Duas amigas tomam café em um pequeno intervalo na empresa e falam de Clarissa e Rodolfo quando Clarissa chega e elas perguntam do bofe. Clarissa responde que é apenas um amigo. Nesse momento ela veste uma camiseta branca na qual está grafada a foto do senador Sarney com os seguintes dizeres: “vote em mim – Amapá 2014”. Caraça, também pudera, por isso todo pessoal está pensando que o Rodolfo é parente direto do bigodão do Amapá!! A nossa heroína está fazendo até campanha política para o senador!! Em outra cena o chefe de Clarissa, sentado em sua mesa vestindo paletó laranja e calça azul marinho, gravata borboleta verde com listras amarelas, ao lado de uma pilha de papel, conversa com Clarissa sobre o seu pretenso namorado. Clarissa ainda com a camiseta do senador Sarney está com as pernas musculosas cruzadas, usa uma calça de moletom preta e tênis Riboc branco com detalhes marrons. Com os cabelos presos ela segura uma prancheta em suas mãos como que anotando tudo que o chefe fala.

Cena: Som de rua; som de pessoas caminhando; som de bem-te-vi; Clarissa diz a Gilberto que não sabe como agradecer a ele; Gilberto diz: Quem sabe com um beijo; som de beijo; som de mambo; som de corpos se esfregando; Clarissa diz: Eu preciso pedir desculpas, pensei que você fosse gay; Gilberto diz que não apenas ela, mas toda Tijuca; Diz que bancando a bichinha já pegou muita mulher menos a vizinha por quem ele sempre foi apaixonado; diz que a coisa do Rodolfo foi apenas pra fazer os urubus saírem de cima dela; som de beijos; volta o som de mambo; o narrador diz que Clarissa se divorciou e casou com Gilberto; diz que os dois foram felizes pela eternidade exercitando a arte da procriação. Fim.

Cena imaginodescrita: Gilberto e Clarissa caminham por uma rua com árvores, onde bem-te-vis cantam alegremente. Ela veste uma blusa de alcinha bege e um calção lilás, seus cabelos estão soltos. Gilberto pela primeira vez na novela aparece sem sua roupa de bailarina, mas sim agora com uma roupa de bailarino cubano. Nossa! Não tenho a menor idéia de como seja uma roupa de bailarino cubano!! Arrisco dizer que seria uma calça preta com risca de giz, sapatos bicolores; paletó preto e chapéu de panamá. Ela lhe dá um beijo de agradecimento e ele diz que não basta isso, então ele a retira para dançar, começa a tocar o mambo e os dois saem pela rua dançando. Clarissa fala sobre a questão da sexualidade de Gilberto, após notar a desenvoltura do garoto na dança e com seu desempenho como bailarino. Ele responde aquele negócio de fingir-se de bichona para pegar o mulherio. Sinceramente não me convenceu muito, pois a coisa de usar roupa de balé o tempo todo, aquilo mal explicado com o Milton, enfim, ainda estou com o pé atrás. De qualquer maneira, o narrador diz que Clarissa acabou se casando com o Giba e que foram felizes para sempre. Deduzo que se ela não gostava do assédio masculino e casou com o Gilberto, elementar meu caro Watson!! Ela quer manter a imagem pública de ser uma mulher casada e dentre quatro paredes não quer ser importunada por nenhum perna de calças entendem?! Por isso os dois foram felizes para sempre, porque não existe casal assim, a cobra vira e mexe fuma mesmo!! Por isso acho que a solução que Clarissa encontrou foi sensacional!!

FacebookCompartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Imaginodescrivinhando.
Assuntos relacionados: , , , , , , , .
Visitado 5593 vezes, 2 foram hoje.
0 comentário

RSS dos comentários deste post.

Deixe seu comentário:

Dados do comentarista




Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (28672 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (24743 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (19474 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (16587 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (15582 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (14410 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (13196 vezes)
  8. Casa da Moeda: Lançamento de novas cédulas do Real mais acessíveis (13107 vezes)
  9. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12889 vezes)
  10. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (12471 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.