Você está no topo da página.

São Paulo, sexta-feira, 23 de agosto de 2019 - 08:57.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

Acorda e vem viver – Paródia sobre desistir ou não da vida em função da deficiência

Publicado em: 1 de junho de 2018 às 4:19.

Da música “Só pro meu prazer” de Leoni.

Contextualização: Escrevemos essa paródia pensando naquelas pessoas que adquirem uma deficiência em qualquer idade da vida e que, a partir de então, passam a acreditar que é o fim, que elas não servem mais para nada, que não tem mais lugar no mundo e assim por diante. Queremos dizer que uma deficiência não é o fim do caminho, mas sim, o início de um novo desafio, como tantos outros na vida. A deficiência é uma nova condição que temos que encarar para continuarmos vivendo com a mesma dignidade de antes. Todas as pessoas com deficiência e também aquelas pessoas sem deficiência precisam enfrentar seus fantasmas, seus medos e limitações, acreditando em si mesmas e fazendo-se maiores do que os problemas. Caiu… levanta, perdeu… joga de novo, ganhou… comemora. E assim seguimos a vida, de peito aberto, cabeça erguida, dignidade renovada e prontos para enfrentar qualquer nova dificuldade ou barreira que se apresentar em nossos caminhos, e como elas se apresentam!! . Hoje, no Brasil, graças a outras pessoas com deficiência, que não desistiram, que lutaram, que não se conformaram, conquistou-se leis e derrubou-se barreiras sociais importantes. Também conquistou-se tecnologias assistivas que ajudam e que incluem as pessoas com deficiência em igualdade de oportunidades. Portanto, acredite em você e, respeitando seu tempo, queira fazer parte desse time de pessoas dignas e vencedoras. . Sabemos que você pode sempre se superar, então, acorda e vem viver!!
#pracegover
O vídeo desta paródia é composto por 15 imagens: Imagem 1. Um rapaz cadeirante, em um estádio, às escuras, segurando uma tocha acesa e atrás dele a pira olímpica; Imagem 2 em movimento. Um atleta usando prótese nas duas pernas, correndo em uma pista de atletismo, concorrendo com atletas sem deficiência; Imagem 3. Jogadores de duas equipes de basquetebol, em cadeiras de rodas. Um dos jogadores está no garrafão e de frente para a cesta. Jogadores das duas equipes, misturados, se posicionam nas laterais e o juiz segura a bola no meio do garrafão; Imagem 4 em movimento. NO gramado de um estádio, um atleta, sem os dois braços e sentado, compete no esporte de arco e flecha. Com um dos pés ele pega a flecha, a encaixa no arco, levanta com a perna o equipamento apoiando a flecha em um dos ombros e atira; Imagem 5. Duas equipes disputam uma partida de vôlei sentado; Imagem 6 em movimento. Um atleta em pé, tira a prótese de uma das pernas e sai pulando para executar um salto em altura e cair do outro lado em cima de um colchão; Imagem 7 em movimento. Imagem de uma competição de ciclismo de rua, com atletas cadeirantes de ambos os sexos, competindo usando bicicletas que se pedala com as mãos; Imagem 8. Dois esgrimistas cadeirantes, usando protetores de rosto e corpo, competem sendo observados por um juiz; Imagem 9 em movimento. Uuma sequência de imagens de atletas com várias deficiências competindo em diferentes modalidades entre si e com pessoas sem deficiência. Mostra também um homem, sem os braços pilotando um avião monomotor com os pés e alguém tocando um piano somente com os pés; Imagem 10. Cinco jogadores em uma quadra, três da mesma equipe e dois adversários, todos com vendas nos olhos jogando futebol; Imagem 11 em movimento. Um rapaz usando muletas fazendo uma manobra com um skate em uma pequena rampa; Imagem 12. Desenho de três pessoas indicando um idoso, uma menina deficiente visual, usando uma bengala e um garoto em uma cadeira de rodas. Todos eles têm um sorriso no rosto; Imagem 13 em movimento. Um jovem com Síndrome de Down, vestindo um fraque e balançando uma batuta como se estivese regendo uma orquestra; Imagem 14 em movimento. Uma orquestra formada por pessoas com deficiência de ambos os sexos, tocando vários instrumentos tais como: piano, saxofone, bateria, violoncelo, dentre outros; Imagem 15 em movimento. Uma pessoa sentada a beira de um penhasco. Abaixo dela um rio e montanhas. No centro da imagem e escrito em letras maiúsculas e na cor branca a palavra supere. A imagem foca e desfoca, por seguidas vezes. Fim.

FacebookCompartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Ações do MOLLA, Mídia comentada, Obscegatório Urbano, Z nula.
Assuntos relacionados: , , , , , , , , , , , , , , .
Visitado 1979 vezes, 1 foram hoje.
0 comentário

RSS dos comentários deste post.

Deixe seu comentário:

Dados do comentarista




Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (28794 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (24825 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (19545 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (16613 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (15614 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (14451 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (13229 vezes)
  8. Casa da Moeda: Lançamento de novas cédulas do Real mais acessíveis (13216 vezes)
  9. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12916 vezes)
  10. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (12496 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.