Você está no topo da página.

São Paulo, domingo, 24 de junho de 2018 - 15:30.

Blog do Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

Você está no conteúdo principal desta página.

Acorda e vem viver – Paródia sobre desistir ou não da vida em função da deficiência

Publicado em: 1 de junho de 2018 às 4:19.


Ilustração: Apresenta três desenhos coloridos. O primeiro, da esquerda para a direita, um jovem senhor sorridente, usando óculos de grau e com poucos fios de cabelo, vestindo uma camiseta branca, com uma faixa preta, na horizontal, bermuda azul claro e tênis vermelho, fazendo o sinal de positivo com a mão esquerda e com a outra mão direita na cintura. O segundo uma menina, deficiente visual, com um leve sorriso no rosto, com cabelos loiros pelo pescoço, usando óculos escuros, andando e segurando uma bengala na mão direita. Ela veste camiseta rosa, saia jeans, tênis rosa, e carrega uma mochila amarela nas costas. O terceiro, um garoto sorrindo e correndo com uma cadeira de rodas. Ele tem cabelos curtos e castanhos, camiseta com listas amarelas e brancas, shorts e tênis vermelho.
Paródia de “Só pro meu prazer” dos Heróis da resistência
Contextualização: Escrevemos essa paródia pensando naquelas pessoas que adquirem uma deficiência em qualquer idade da vida e que, a partir de então, passam a acreditar que é o fim, que elas não servem mais para nada, que não tem mais lugar no mundo e assim por diante. Queremos dizer que uma deficiência não é o fim do caminho, mas sim, o início de um novo desafio, como tantos outros na vida. A deficiência é uma nova condição que temos que encarar para continuarmos vivendo com a mesma dignidade de antes. Todas as pessoas com deficiência e também aquelas pessoas sem deficiência precisam enfrentar seus fantasmas, seus medos e limitações, acreditando em si mesmas e fazendo-se maiores do que os problemas. Caiu… levanta, perdeu… joga de novo, ganhou… comemora. E assim seguimos a vida, de peito aberto, cabeça erguida, dignidade renovada e prontos para enfrentar qualquer nova dificuldade ou barreira que se apresentar em nossos caminhos, e como elas se apresentam!! . Hoje, no Brasil, graças a outras pessoas com deficiência, que não desistiram, que lutaram, que não se conformaram, conquistou-se leis e derrubou-se barreiras sociais importantes. Também conquistou-se tecnologias assistivas que ajudam e que incluem as pessoas com deficiência em igualdade de oportunidades. Portanto, acredite em você e, respeitando seu tempo, queira fazer parte desse time de pessoas dignas e vencedoras. . Sabemos que você pode sempre se superar, então, acorda e vem viver!!

Letra adaptada:

Não tá com nada, você se isolando assim
eu não concordo, que você pense que é o fim
perfeito e normal, são duas mentiras
viver é legal, fugir não é resposta não.

Todo dia te convidam, pra esse desafio eterno
para viver de peito aberto, fazendo aquilo que puder
a vida como pcd, não deve ser de negação
você pode eu sei… acorda e vem viver… acorda e vem viver.

Eu sei agora, você tem limitações
mas tem direitos, ser diferente hoje é normal
então quer saber, resgate o bom senso
pare de supor que é o final
Pois não é o final não.

Todo dia te convidam, pra esse desafio eterno
para viver de peito aberto, fazendo aquilo que puder
a vida como pcd, não deve ser de negação
você pode eu sei… acorda e vem viver… acorda e vem viver (2x).

Ouça a música original em:

FacebookCompartilhar no Facebook

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Ações do MOLLA, Mídia comentada, Obscegatório Urbano, Z nula.
Assuntos relacionados: , , , , , , , , , , , , , , .
Visitado 367 vezes, 7 foram hoje.
0 comentário

Fila eterna dos desempregados – Paródia sobre mercado de trabalho x pessoas com deficiência

Publicado em: 1 de maio de 2018 às 5:33.


Ilustração:  Foto colorida de uma praça, com árvores e jardins distribuídos por toda praça.  Em um determinado ponto, uma fila enorme de pessoas.
Da música “Lanterna dos afogados” dos Paralamas do Sucesso
Contextualização: Neste 1º de maio, dia do trabalho, denunciamos que, mesmo após a Lei de Cotas, a Convenção da ONU e a Lei Brasileira da Inclusão, o mercado de trabalho para pessoas com deficiência continua extremamente complicado, restrito e ainda muitas empresas não cumprem a Lei e deixam de contratar essas pessoas. E temos profissionais muito bem formados e qualificados, prontos para ocuparem qualquer vaga e dispostos a provar que podem desempenhar funções dentro de uma empresa com competência igual, e até superior, a qualquer outra pessoa sem deficiência. É importante esclarecermos aos empresários brasileiros que o ato de tornar suas empresas acessíveis, dentro dos princípios do Desenho Universal, contratando pessoas com deficiência para suas equipes, produz um ambiente de trabalho muito mais humano e o salto na qualidade de vida de todos na empresa, sem exceção, é algo que vai surpreendê-los. Portanto, senhores empresários, vamos acabar com esse preconceito descabido ok? Quanto as pessoas com deficiência, pedimos que não desistam de procurar mantendo suas esperanças de que um dia essa chave ainda vira de fez.

Letra adaptada:

Quando pinta o apuro
salário resolve
mas sem quem contrate
A coisa vai complicar
você ta no nível
dos qualificados
mas te olham torto
já vão te discriminar
vai pra fila eterna
dos desempregados
vai se preparando
a vaga não vai rolar!

A espera é longa
paciência é curta
vai de porta em porta
você só quer trabalhar
nossas leis são fracas
a Exclusão é forte
Pcds tão fora
a Empresa não quer lidar
vai pra fila eterna
dos desempregados
vai se preparando
a vaga não vai rolar!

A espera é longa
paciência é curta
você só quer trabalhar
vai pra fila eterna
dos desempregados
vai se preparando…

Ouça a música original em:

FacebookCompartilhar no Facebook

Twitter.Publicar no Twitter.

Postado por: Administrador.
Arquivado na categoria: Z nula.
Assuntos relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , .
Visitado 772 vezes, 7 foram hoje.
0 comentário

Os mais lidos:

  1. Ilusões - Paródia sobre a farsa das 70 ações inclusivas em SP (26889 vezes)
  2. Direitos humanos e pessoas com deficiência: Chorando nossos cadáveres! (23806 vezes)
  3. DENÚNCIA!! Nova Lei de Direitos Autorais ignora direitos das pessoas com deficiência (16891 vezes)
  4. Bradesco amplia acessibilidade e inclusão!! Morra de inveja Itaú!! (16090 vezes)
  5. Eleições 2012: TSE corrige falha nas urnas acessíveis (15210 vezes)
  6. Quem escolhe o livro que voce lê? Parte 1 - Denúncia (13831 vezes)
  7. Companhia Das Letras, Editora Contexto e Grupo GEN editorial contra um leitor cego (12810 vezes)
  8. MEC: Censo Escolar 2010 aponta dados estarrecedores para alunos com deficiência (12517 vezes)
  9. Blog do livro acessível! Lançamento hoje, dia 21 de setembro (12135 vezes)
  10. Casa da Moeda: Lançamento de novas cédulas do Real mais acessíveis (11887 vezes)

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.