São Paulo, domingo, 20 de agosto de 2017 - 06:57.

Livro Acessível Universal - Página inicial [1].

O MOLLA contatado pelo GT do livro acessível.

"Há dois tipos de pessoas: As que fazem as coisas, e as que dizem que fizeram as coisas. Tente ficar no primeiro tipo. Há menos competição".
(Indira Ghandi)

Prezados colegas do movimento pelo livro e leitura acessíveis no Brasil.

Hoje temos uma excelente notícia. Informamos que o Sr. Oscar Gonçalves, coordenador do grupo de trabalho do Ministério da Cultura que está se reunindo no Rio de Janeiro, na Biblioteca Nacional, para regulamentação da Lei 10753/2003, Lei do Livro, entrou em contato com a coordenação de nosso movimento e solicitou uma reunião conosco.

Essa reunião se dará na próxima semana, dia 12 de Setembro em São Paulo. Sua intenção é conhecer melhor nosso movimento e reivindicações. Nossa intenção obviamente é entregar-lhe em mãos o abaixo assinado e a carta aberta com o pleito de uma nova política de democratização e acesso amplo, geral e irrestrito ao livro e a leitura por todas as pessoas, com ou sem deficiência. Portanto, conseguimos uma importante vitória em nossa luta, isto é, o reconhecimento oficial de nossas autoridades responsáveis pela política do livro e da leitura, para o clamor ante o estado de completa penúria e exclusão literária pela qual passa uma parcela extremamente significativa de nossa sociedade.

O ponto significativo a se destacar é que esta reunião ocorrerá um dia antes da abertura oficial da Bienal Internacional do Livro, que se realizará no Rio de Janeiro entre 13 e 23 de Setembro. Todos sabemos que essa Bienal, até o momento, se traduz no maior exemplo de exclusão literária e invisibilidade das pessoas com alguma deficiência incapacitante de leitura visual.

Não são poucas as chamadas em jornais e revistas, na mídia impressa e falada, que comentam da importância desse evento, sempre destacando os benefícios que a leitura autônoma, eclética e de qualidade tem sobre o desenvolvimento das pessoas e consequentemente de suas nações. É comum, nesses momentos, destacarem-se a presença de crianças, brincando, interagindo, se divertindo entre os diversos títulos a sua disposição.

Perguntamos: nesses momentos, por acaso algum colega já notou a existência de crianças com deficiência? Claro que não, porque até hoje no Brasil, o lugar dessas crianças não era ali, afinal, não existe leitura para elas ali. Mas isso colegas, foi até hoje, que fique bem claro, pois a partir de agora, com nosso movimento, força e união em torno dessa causa, tenham certeza que transformaremos esse estado de coisas.

Cordialmente,

Naziberto Lopes
Coordenador do Movimento pelo Livro e Leitura Acessíveis no Brasil.

 

Lista dos principais boletins do MOLLA:

 

Continue navegando:

 

Voltar ao topo da página.

Copyright © 2008 Livro Acessível.
Todos os direitos reservados.